Pages

domingo, 29 de janeiro de 2012

Teses e dissertações do Núcleo de Educação e Espiritualidade

O Núcleo de Educação e Espiritualidade da Pós-graduação em Educação da UFPE, apesar de ter sido oficializado há pouco tempo, vem dando contribuições filosóficas e científicas significativas ao tratamento da temática da espiritualidade do ponto de vista acadêmico. Já houve algumas teses e dissertações produzidas nessa área nos anos de 2010 e 2011, como, dentre outras, as de Ana Lúcia Leal Chaves, Ana Paula Fernandes Mota, Adriana Coutinho, Roberta Gulart, Ezir George e Leandro David Wenceslau.

Agora, no mês de fevereiro, outras produções serão apresentadas, contribuindo para a consolidação da referida temática no âmbito científico e filosófico. A doutoranda Eugênia de Paula B. Cordeiro e os mestrandos Nyrluce Marília Alves da Silva, Viviane de Moura Coutinho e Maria Socorro Liberal Peixoto, são alguns dos que defenderão seus trabalhos nesse mês. Não disponho das datas e títulos dos trabalhos de todos os concluintes, mas menciono os seguintes:

Dia 10/12/2012, às 10:00h, defesa de dissertação de Nyrluce Marília Alves da Silva, intitulada "Os Usos Pedagógicos da Noção de Cuidado de Si: um estudo sobre a recepção do pensamento de Michel Foucault no campo educacional brasileiro", trabalho orientado pelo Prof. Dr. Alexandre Simão de Freitas. Até onde sei, trata-se de grande contribuição ao entendimento do Foucault espiritual, desconhecido ou rechaçado por muitos.

Dia 27/02/2012, às 8:30h, defesa de tese de Eugênia de Paula Benício Cordeiro, intitulada "Formação Humana para Jovens e Adultos: elaboração, implementação e teste de um componente curricular em cursos tecnológicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Pernambuco". Em relação a este último trabalho, que conheço mais de perto por ser orientador do mesmo, posso destacar, entre outros aspectos relevantes, uma grande contribuição ao modo de fazer pesquisa sobre a temática da espiritualidade unindo metodologias quantitativas e qualitativas com um referencial teórico fundamentado e expressão existencial da espiritualidade na educação.

Como as defesas são públicas, as pessoas interessadas estão convidadas.

José Policarpo Jr.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

A Arte de Cuidar do Ser


Cuidar do Ser é despertar para a nossa verdadeira natureza e iniciar a exploração dos nossos infinitos recursos interiores.
Cuidar do Ser é conspirar por uma transformação social ampla - fruto de uma transformação do espírito e não de um novo sistema ou partido político.
Cuidar do Ser é experienciar a emocionante e inefável percepção da nossa unicidade com toda forma de vida.
Cuidar do Ser é ser o arquiteto consciente de seu próprio destino e dar um significado humano à luta sobre-humana.
Cuidar do Ser é abrir-se para uma dimensão transcendente da consciência, a união do intelecto com a mente intuitiva capaz de perceber os condicionamentos do inconsciente coletivo.
Cuidar do Ser é entregar-se ao daimon que nos impele para a busca do inefável, é exercer um esforço consciente para elevar a um novo patamar o grande edifício da vida humana, é exercer a sua parte na tarefa coletiva de elevar a humanidade a uma consciência mais ampla.
Cuidar do Ser é superar o estágio da busca pela sobrevivência, chamado por muitos de normal, para o estágio da busca de transcendência do pensamento ordinário coletivo.
Cuidar do Ser é fazer parte de uma minoria criativa, voltada para o mundo interior da psique. É aceitar parecer ser um estranho e continuar num avanço constante para a criação de uma vida ainda mais incipiente.
Cuidar do Ser é exercer a capacidade de abraçar a grande insatisfação, diferente de todas as insatisfações anteriores. É ser capaz de sentir a aproximação de uma sublevação, do despertar do nosso condicionamento cultural.
Cuidar do Ser é acreditar no rompimento do transe da alienação e do conformismo coletivo, é conspirar pelo motim das novas gerações. Uma forma de rebelião positiva, manifestada num protesto criativo.

(...)


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Simpósio Internacional sobre Estudos Contemplativos

No próximo mês de abril, acontecerá, em Denver, estado do Colorado, nos EUA, o primeiro simpósio internacional sobre estudos contemplativos, promovido pelo Mind and Life Institute.

Trata-se de ocasião ímpar para conhecer mais de perto como vem ocorrendo, em seu mais alto nível, e em âmbito mundial, o entrelaçamento entre pesquisas científicas (inclusive de larga abrangência empírica), estudos teóricos e tradições espirituais.

No Brasil, pode-se dizer que este diálogo sequer começou. Há pesquisadores isolados, mas nada que indique ainda a existência de um diálogo institucional a respeito. Nesse sentido, ao promover os eventos de 2012, o Instituto de Formação Humana e o Núcleo de Educação e Espiritualidade da Pós-graduação em Educação da UFPE estão colaborando para que tal diálogo possa ser encetado.

É nossa pretensão que pelo menos três dos membros do IFH se façam presentes no referido simpósio em Denver, inclusive para nos informarmos de como se encontra o estado da arte da referida discussão ainda inexistente no Brasil.

Pelo menos já é certo que um dos palestrantes do referido simpósio internacional, o Dr. Mark Greenberg, estará em um dos eventos que iremos promover em outubro deste ano, o que já é uma grande razão para que os que se interessam pela temática se inscrevam nos eventos que estamos promovendo.

Para ir diretamente à página do referido simpósio em Denver e informar-se mais a respeito do mesmo, clique aqui.

José Policarpo Jr.