Pages

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

O mérito da ação competente, generosa, persistente e desinteressada – notícia de uma realização




Por José Policarpo Junior


Quero hoje tributar homenagem a quatro pessoas responsáveis pela realização de um grande e fundamental passo na promoção da formação humana entre nós e, indiretamente, no fortalecimento da missão deste Instituto.

Em primeiro lugar, registro o trabalho dedicado, competente e persistente do Prof. Dr. Rodrigo Rosal em sua pesquisa e orientação de duas alunas (Anne Karoline e Renata Vieira), entre outras, que nos últimos anos estudaram e aplicaram, em versão de teste, o Currículo PATHS em escolas na cidade de João Pessoa. O Prof. Rodrigo foi um dos estudiosos que primeiramente detectaram o potencial formativo do PATHS e sua relação determinada com a concepção multimilenar da formação humana inscrita na tradição do pensamento educacional.

Quero registrar também o entusiasmo, responsabilidade e trabalho dedicado de duas pesquisadoras iniciantes, justamente a Profa. Anne Karoline, recentemente licenciada em Letras, e Renata Vieira, graduanda em Pedagogia, ambas da UFPB, orientadas por Rodrigo Rosal na pesquisa referida. O trabalho de ambas não se limitou ao cumprimento de uma formalidade, mas se destacou pelo compromisso e brilhantismo com que o assumiram, o qual se revela nos próprios resultados alcançados.

Quero, finalmente, mas em pé de igualdade com os demais citados, registrar o trabalho pioneiro, competente e comprometido da Profa. e jornalista Mariana Arantes, fundadora e responsável pelo portal Educação Emocional (para visitá-lo, clique aqui), que tem, com competência invulgar e grande generosidade, registrado as realizações, iniciativas e compreensões de muitos profissionais e estudiosos do campo da educação emocional, reunindo, em um só lugar e sob fácil acesso, um tesouro imenso construído por muitas mãos, corações e mentes.

Reverencio a ação iluminada desses quatro bodisatvas[i], sabedor de que muitos serão por ela beneficiados.

Clique neste link para assistir à entrevista que retrata o que foi acima descrito.



[i] Termo que, na tradição mahaiana do budismo, é utilizado para designar o praticante que, embora prestes a alcançar a própria iluminação, desiste dela para compassivamente ajudar outros seres a alcançá-la.